sábado, 19 de outubro de 2013

SEIS COISAS QUE ABORRECE A DEUS, E UMA QUE ELE ABOMINA Pv. 6: 12-19; Apc. 2: 1 - 7

SEIS COISAS QUE ABORRECE A DEUS, E UMA QUE ELE ABOMINA
Pv. 6: 12-19; Apc. 2: 1 - 7


SEI QUE MUITO LONGO, MAS VALE A PENA DAR UMA LINDINHA!

Distinção entre o Cristão e Belial 
Belial - Uma pessoa malvada, sem valor. 
Homem vicioso que se alegra semear a maldade!
No original "beli" = sem + "ya'al" = proveito.
Na segunda carta de Paulo aos Corintos 6.15 se traduz por "Malígno"
Cristão é aquele que anda como Jesus. Seguidor dos passos Jesus.
Atitudes do homem de Belial:
Anda com perversidade no boca,
Acena com os olhos, fala com os pés, faz sinais com os dedos.
Sem maiores significados, os três sinais dizem a mesma coisa - sinais combinados para o pecado.
Todavia, nota-se que os membros do corpo que deveria ser usado para gloria de Deus, está sendo usado para o mal.
A partir daí o escritor aponta outros pecados ligados a vida de relacionamento em uma comunidade.
O escritor usa uma linguagem poética para chamar a atenção do leitor para a forma como Deus reage a esses pecados de relacionamento.
1- Olhos altivos
Altivo = relativo ao que não se humilha, orgulhoso, arrogante.
Jó 38:15 "e dos ímpios se desvia a sua luz, e o braço altivo se quebranta".
Sl. 105: 5 "Aquele que difama o seu próximo às escondidas, eu o destruirei; aquele que tem olhar altivo e coração soberbo, não o suportarei".
Pv. 16: 5 "Abominação é para o SENHOR todo altivo de coração; ainda que ele junte mão à mão, não ficará impune".
Isaias 2: 12 "Porque o dia do SENHOR dos Exércitos será contra todo o soberbo e altivo e contra todo o que se exalta, para que seja abatido". 
2- língua mentirosa
Pv. 12:19 "O lábio de verdade ficará para sempre, mas a língua mentirosa dura só um momento".
3- mãos que derramam sangue inocente
Rm. 3:13 "A sua garganta é um sepulcro aberto: com as suas línguas tratam enganosamente, peçonha de áspides está debaixo de seus lábios;
14 Cuja boca está cheia de maldição e amargura.
15 Os seus pés são ligeiros para derramar sangue.
16 Em seus caminhos há destruição e miséria;
17 E não conheceram o caminho da paz.
18 Não há temor de Deus diante de seus olhos."
4- coração que trama projetos iníquos 
Sl 101: 4 "Um coração perverso se apartará de mim; não conhecerei o homem mau" 
Lc. 6: 45 "O homem bom do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca".
Hb. 3:12 "12 Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do Deus vivo".
5- pés que se apressam para o mal
Isaias 59: 
7 - "Os seus pés correm para o mal e se apressam para derramarem o sangue inocente; os seus pensamentos são pensamentos de iniquidade; destruição e quebrantamento há nas suas estradas." 
8 - "Não conhecem o caminho da paz, nem há juízo nos seus passos; as suas veredas tortuosas, as fizeram para si mesmos; todo aquele que anda por elas não tem conhecimento da paz". 
6- testemunhas falsas que profere mentiras 
Ex. 20:16 - "Não dirás falso testemunho contra o teu próximo".
Pv. 25:18 - "Martelo, e espada, e flecha aguda é o homem que levanta falso testemunho contra o seu próximo".
7- o que semeia contendas
Rm. 13:13 "Andemos honestamente, como de dia: não em glutonarias, nem em bebedeiras, nem em desonestidade, nem em dissoluções, nem em contendas e inveja".
I Tm.6: 4 "É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfémias, ruins suspeitas,
5 Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho: aparta-te dos tais".
II Tm. 2: 14 "Traz estas coisas à memória ordenando-lhes diante do SENHOR que não tenham contendas de palavras, que para nada aproveitam e são para perversão dos ouvintes".
FINALMENTE 
Quero terminar usando a carta a Igreja de Éfeso com destaque para os versos 4 e 5. 
1 ESCREVE ao anjo da igreja que está em Éfeso: Isto diz aquele que tem na sua dextra as sete estrelas, que anda no meio dos sete castiçais de ouro:
2 Eu sei as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos e o não são, e tu os achaste mentirosos.
.
3 E sofreste, e tens paciência; e trabalhaste pelo meu nome, e não te cansaste.
4 Tenho porém contra ti, que deixaste o teu primeiro amor.
5 [Lembra-te pois donde caíste], [e arrepende-te], e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.
7 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus.
V.4 - TENHO ... CONTRA TI. 
A carta de Paulo aos efésios destacou a importância do amor (5:2), um tema frisado, também, nesta carta no Apocalipse.
Espiritualmente Éfeso era: enérgica em obras, esforço e paciência. Ortodoxa quanto a doutrina. Ao final Fria: perdeu o entusiasmo e o amor pelos irmãos.
O problema dos efésios não foi uma questão de doutrina correta, mas de amor. Abandonaram o seu primeiro amor.
Esqueceram dos grandes mandamentos que formam a base para todos os ensinamentos de Deus (Mateus 22:37-40).
“E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.”
Paulo instruiu os efésios sobre a importância do amor como alicerce da vida do cristão.
(Efésios 3:17 - estando arraigados e fundados em amor) 
(Ef. 4:2, 3 - "Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor,
Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vinculo da paz".
(Ef. 4:15,16 - "Antes, seguindo a verdade em caridade, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo. Do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor".
(Ef. 5:2 - 2 "E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave".)
Se levarmos em conta estes textos podemos supor que o grande problema da igreja de Efésios era o relacionamento entre irmãos e com a fé em Cristo. Perderam a capacidade de viver em amor.
JESUS EXIGE TRÊS ATITUDES DOS EFESIOS:
Lembra-te, arrepende-te e volta às primeiras práticas
1. Lembra-te, pois, de onde caíste:
Não foram as alfarrobas dos porcos que levou o filho pródigo ao arrependimento; foi a lembrança da casa do pai.
Para os efésios se arrependerem, teriam que lembrar da comunhão com Deus e com os irmãos que deixaram para trás.
Para vivermos um genuíno avivamento, o arrependimento, a presença de Deus e um relacionamento santos entre os irmãos precisam ser as coisas mais preciosas em nossa vida. Uma vez que caímos, é necessário desenvolver novamente o amor para com o Senhor e nossos irmãos.
2. Arrepende-te:
O arrependimento é a mudança de atitude e, a base para que a igreja possa experimentar o avivamento, tão desejado.
Por tanto o pecador precisa se arrepender; isto é: voltar a pratica do amor ( suportar uns outros) antes de experimentar o avivamento.
3. Volta à prática das primeiras obras:
A mudança de atitude (o arrependimento) produzirá bons frutos (Mateus 3:8).
Pelas obras, a pessoa arrependida mostrará a sinceridade da sua decisão.
A igreja em Éfeso precisava voltar à prática do amor.
Se a igreja não se arrepender, Jesus removerá o seu candeeiro.
Eles não permaneceriam na abençoada comunhão com o Senhor.
Quem tem ouvidos, ouça:
Freqüentemente, Jesus chama os ouvintes a ouvirem a sua mensagem (Mateus 11:5; 13:9,43; etc.).
O problema de um coração teimoso se reflete nos ouvidos tapados que recusam ouvir a verdade (Mateus 13:15).
O Espírito diz às igrejas
Jesus transmitiu a sua mensagem por meio dos anjos das igrejas (2:1,8,12,18; 3:1,7,14), mas o Espírito, também, participa da revelação (veja 1:4) e da recompensa dos fiéis.
CONCLUINDO
Ao vencedor darei a comer da árvore da vida..., e habitar no paraíso de Deus...
A recompensa aguarda os vencedores que perseveram na verdade, no amor ao próximo e a Deus.
Aqueles que desistem, abandonando para sempre o seu amor, não receberão o galardão.
Jesus descreve a comunhão com Deus em termos que nos remetem ao jardim do Éden.
Por causa do pecado, o homem foi expulso do jardim, onde andava com Deus (Gênesis 3:22-24,8).
Porém, aqueles que andam com Deus têm a viva esperança da vida no paraíso do Senhor.
UM ALERTA
Uma igreja rodeada por falsas religiões e sujeita à influência devassa e imoral de alguns, precisa examinar todos os ensinamentos, rejeitar todas as falsas doutrinas e cuidar para que não caia na frieza espiritual, na falta de amor, no modismo e na religiosidade.






















Pr. Antônio José Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário